Lifestyle

Meu Batismo

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Antes de falar propriamente sobre o meu batismo, preciso voltar um pouco no tempo pra que vocês entendam como eu cheguei até aqui, no dia mais marcante da minha vida. No batismo a antiga Carol morreu e nasceu uma nova Carol, renasci.

Sou a filha mais nova de cinco irmãos, um está no céu, todos foram batizados, fizeram primeira comunhão crisma tudo certinho, e ainda estudaram em escola de freiras. Já quando eu nasci a situação era bem diferente, minha diferença de idade para os meus irmãos é grande.

Minha família passava por momentos difíceis, e aconteceu o óbvio, enquanto tudo era festa haviam amigos de sobra, porém quando a coisa apertou, os “amigos” foram embora. Acontece que quando eu nasci não havia ninguém para me batizar, minha mãe até cogitou que meus irmãos me batizassem, mas na época não permitiram.

Cresci como uma “católica de IBGE“, você pode estar se perguntando o que seria isso? Aprendi o termo nas minhas aulas de Crisma, escutei pela primeira vez esse ano, mas traduzindo é na verdade outra forma de denominar os “católicos não praticantes”, são pessoas que se dizem católicos, mas não fazem nada ou quase nada como determina a religião. Não pratica caridade, não se confessa, não vão a missa aos domingos, e por aí vai…

Sempre que questionada sobre qual a minha religião eu respondia católica, só fui descobrir na adolescência que na verdade por não ser batizada eu era uma “católica do Paraguai” isso sim.

Terminando o ensino médio decidi que era hora de me batizar, sentia o desejo, mas ainda não entendia o significado, na época não deu certo pois tivemos problemas com padrinhos, ou a falta deles novamente.

Deus é perfeito e o momento certo chegou, meu coração foi tocado, estudei e ainda estudo sobre a igreja, Deus, Jesus, Maria e todos os Santos… quanto mais me informo e conheço sobre o catolicismo mais eu me identifico e sinto que estou no caminho que Deus reservou pra mim, rumo ao céu.

Pra quem se interessa em saber mais sobre a religião, eu comecei fazendo o curso de crisma para adultos do Padre Paulo Ricardo, é online, o site dele é maravilhoso, tem vários cursos, vale a pena assinar.

No canal do YouTube do padre você também encontra muitos vídeos com respostas a dúvidas pertinentes, ótimas reflexões, e também pra quem quer aprender a rezar o terço, lá você aprende.

Eu não seria a Carol de hoje se não fosse uma pessoal incrível que conheci pelo Instagram e acabou mudando minha e vida e a de milhares de pessoas, o Doc, ítalo Marsili, meu desejo de fazer o certo, caminhar em direção a verdade só aconteceu por influência primeiramente dele. Sou Eternamente grata.

Quero deixar aqui um agradecimento especial na verdade ao quarteto fantástico, como eu os chamo, Ítalo Marisli e Samia, Ícaro de Carvalho e Anna. Eles são o exemplo de família que desejo formar.

Se não fosse por eles eu não estaria no caminho da verdade, graças a eles eu finalmente deixei de ser pagã, e me tornei católica.

Não posso deixar de agradecer meu catequista o Dáltoni, pois sem ele eu não teria padrinhos, Deus é bom demais comigo, me cercou de pessoas boas.

Ficará para sempre guardado em meu coração esse dia, muito obrigada Padre Ricardo, o senhor é como um pai espiritual pra mim.

Deus não poderia ter colocado pessoas melhores em meu caminho, ter a Anna e o Ícaro ao meu lado nesse momento foi simplesmente maravilhoso e inspirador, são os padrinhos que pedi a Deus, o amor de Cristo é o amor que constrange.

Que a tua vida não seja estéril.

Sê útil. Deixa Rastro

São Josemaria Escrivá.

Look:

Blusa: Renner

Saia: Miroa

Blazer: Amaro

Bota: Amaro

Espero que tenha gostado de saber e ver um pouco de como foi um dos dias mais especiais da minha vida, meu batismo.

Um bj.

Carol Velloso

Comments

comments

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *