saude mental em tempos de quarentena
Cultura Lifestyle

Saúde Mental em Tempos de Quarentena – Dicas da OMS!

0 Flares Twitter 0 Facebook 0 Google+ 0 0 Flares ×

Estamos passando por um momento complicado que não imaginávamos, e como tudo é algo novo nessa pandemia do COVID-19, precisamos saber lidar com essa fase, a Organização Mundial da Saúde deu algumas dicas de como manter a saúde mental durante a Quarentena, confira abaixo.

Primeiro para quem tem dúvidas sobre o Covid-19 segue algumas explicações nesta imagem divulgada pela OMS.

covid19 saude mental

Aqueles que Ajudam os Outros

  • A agência de saúde da ONU pediu a todos que “honrassem cuidadores e profissionais de saúde… pelo papel que desempenham para salvar vidas e manter entes queridos em segurança”, assegurando aos profissionais de saúde que é normal sentir-se “sob pressão” e enfatizando que o estresse é “de modo algum um sinal de que você não pode fazer seu trabalho ou que é fraco”.
  • Descansem o suficiente, coma alimentos saudáveis, pratique atividade física e mantenha contato com familiares e amigos.
  • A rede de colegas de trabalho ajuda a “fornecer apoio, monitorar o estresse e reforçar os procedimentos de segurança”, a OMS recomendou que funcionários trabalhassem em pares e “iniciassem, incentivassem e monitorassem os intervalos do trabalho”.

Para Aqueles que Têm Crianças

“As crianças se sentem aliviadas se puderem expressar e comunicar seus sentimentos em um ambiente seguro e favorável”, sustentou a agência de saúde da ONU, incentivando que, se estiverem seguras, elas sejam mantidas próximas aos pais e à família.

  • Ajude as crianças a encontrar maneiras positivas de expressar sentimentos como medo e tristeza. Toda criança tem seu ou sua própria maneira de expressar emoções. Às vezes, participar de uma atividade criativa, como brincar ou desenho pode facilitar esse processo. As crianças sentem-se aliviadas se puderem expressar e se comunicar seus sentimentos em um ambiente seguro e solidário.
  • Mantenha as crianças próximas aos pais e à família, se consideradas seguras, e evite separar as crianças. garantir que sejam oferecidos cuidados alternativos adequados e que um assistente social ou equivalente.
  • Mantenha rotinas familiares na vida diária, tanto quanto possível, ou crie novas rotinas, especialmente se as crianças devem ficar em casa. Proporcionar atividades apropriadas para a idade das crianças, incluindo atividades para a sua aprendizagem. Sempre que possível, incentive as crianças a continuarem brincando e socializando com os outros, mesmo que apenas dentro da família, quando aconselhados a restringir o contato social.
  • Em tempos de estresse e crise, é comum que as crianças busquem mais apego e sejam mais exigente para os pais. Discuta o COVID-19 com seus filhos de maneira honesta e apropriada para a idade

Cuidando dos Mais Vulneráveis

Como os idosos e as pessoas com condições de saúde pré-existentes e vulneráveis ​​podem se tornar mais ansiosas, agitadas e retraídas durante o surto, a OMS enfatizou a importância de transmitir instruções claras de maneira concisa, respeitosa e paciente, observando que as fotos também podem ser utilizadas.

“Engaje a família e outras redes de apoio” para fornecer informações e ajudá-los a praticar medidas de prevenção, incluindo lavagem das mãos, disse a agência de saúde da ONU. E, quando isolado, mantenha-se conectado e mantenha as rotinas diárias o máximo possível.

“Mantenha as coisas em perspectiva … e evite ouvir ou seguir rumores”, concluiu a OMS.

Grávidas e Mães Amamentando

A recomendação é que as mulheres que amamentam e adoecem não devem ser separadas de seus recém-nascidos.

Embora não haja evidências de que a doença possa ser transmitida através do leite materno, a recomendação é que mães infectadas usem uma máscara quando estiverem perto do bebê, lavar as mãos antes e depois da alimentação e desinfetar as superfícies contaminadas.

“Se uma mãe está doente demais para amamentar, ela deve ser incentivada a extrair leite para ser dado ao bebê, tomando todas as precauções necessárias”, afirmou a agência de saúde da ONU. “Saúde mental e apoio psicossocial devem ser disponibilizados para os indivíduos afetados e suas famílias”.

Para Pessoas em Quarentena

  • Mantenha-se conectado e mantenha suas redes sociais. Mesmo em situações de isolamento, tente manter sua rotina diária ao máximo.
  • Durante períodos de estresse, preste atenção às suas necessidades e sentimentos. Se envolva em atividades saudáveis que você goste e ache relaxantes. Faça exercícios com frequência, mantenha rotinas regulares de sono e coma alimentos saudáveis.
  • Um fluxo quase constante de notícias sobre um surto pode fazer com que alguém se sinta ansioso ou angustiado. Procure atualizações de informações e orientações práticas em horários específicos durante o dia.

Para a População Geral

  • Evite assistir, ler ou ouvir notícias que te façam sentir ansioso ou angustiado. Procure informações principalmente para tomar medidas práticas  para se preparar e proteger a si mesmo e a seus familiares. Procure novas informações em horários específicos durante o dia, uma ou duas vezes.
  • Se atente aos fatos. Colete informações regularmente, no site da OMS e nas plataformas das autoridades locais de saúde, para distinguir fatos de rumores.
  • Proteja-se e seja solidário com os outros. Ajudar outras pessoas em um momento de necessidade pode beneficiar tanto a pessoa que recebe apoio como o ajudante.
  • Honre os cuidadores e profissionais de saúde que dão suporte às pessoas afetadas pelo COVID-19 em sua comunidade. Reconheça o papel que desempenham para salvar vidas e manter todos em segurança.

Lembrando sempre que é importante se informar por fontes confiáveis, não espalhe noticias que você não sabe se é verdade, não seja um transmissor de Fake news.

Fique atento aos canais oficiais:

www.coronavirus.saude.gov.br

www.saopaulo.sp.gov.br/coronavirus

www.paho.org/bra

www.nacoesunidas.org

www.who.int

Vamos nos manter firmes, confiantes e com fé enfrentando essa fase juntos!

Bjuuus…                   

Carol

Me acompanhe também pelas redes  sociais!

Facebook                                   Instagram    

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *